A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) também conhecida como medicina chinesa é a denominação usualmente dada ao conjunto de práticas de Medicina Tradicional em uso na China, desenvolvidas ao longo dos milhares de anos da sua história.
 Actualmente são oito os principais métodos de tratamento da Medicina Tradicional Chinesa:

1. Fitoterapia chinesa (fármacos)
2. Acupunctura


3. Tuina ou Tui Ná (massagem e osteopatia chinesa)


4. Dietoterapia (terapia alimentar chinesa)


5.Auriculoterapia (tratamento pela orelha)


6. Moxabustão


7. Terapia com Ventosas ou Ventosoterapia

8. Práticas físicas (exercícios integrados de respiração e circulação de energia, e meditação como: Chi Kung, o Tai Chi Chuan e algumas artes marciais) consideradas métodos profiláticos para a manutenção da saúde ou formas de intervenção para recuperá-la.



Diagnóstico na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) é a herança deixada pelos antigos médicos chineses, que através dos tempos foram melhorando a anamnese, ultrapassando algumas dificuldades e legando o seu saber ás gerações vindouras. O diagnóstico da Medicina Chinesa, embora aparentemente simples, é muito eficaz – as observações a serem feitas incluem observar, ouvir, cheirar, perguntar e tocar, destacam-se no diagnóstico a observação da língua e o exame do pulso, que fornecem informações preciosas e exactas sobre a condição de saúde do paciente.
Como tal, a combinação dos métodos terapêuticos da medicina chinesa é indicada num vasto e diverso leque de patologias, do foro musculo-esquetético (lombalgia, ciática, etc...), digestivo (gastrite, obstipação, etc...), nervoso (stresse, depressão, etc...), dermatológico (dermatite, alergia, etc...), respiratório (asma, sinusite, etc...), entre outros.

Mensagens Populares